Portal de Politicas Publicas

  • Temas
  • Destinatários
  • Regiões

Central

Com 243.235 habitantes distribuídos em 17 municípios, o Central é o 2º território de desenvolvimento menos populoso de Minas Gerais, apresentando densidade populacional de 10,37 habitantes/km2. Essa população é 85,09% urbana (206.963 hab.) e 14,91% rural (36.272 hab.).

O território responde por 0,9% do PIB mineiro, com 1,12% dos empregos formais criados no Estado em 2013. No que se refere à composição setorial do PIB, evidenciava-se, em 2012, maior participação do setor de serviços (53,6%), seguido pela indústria (24,5%) e pela agropecuária (21,9%). Entre 2000 e 2012, o crescimento do PIB per capita da região esteve abaixo da média do Estado.

No Central, 40,9% da população conta com acesso a disposição adequada de resíduos sólidos, 84,5% é atendida por rede geral de distribuição de água e 64,7%, por rede de esgoto ou fossa séptica. Nesse território, 49,2% da população possui renda mensal per capita igual ou inferior a ½ salário mínimo, o que configura situação de pobreza. Entre os pobres, 75,9% (ou 37,5% da população do território) têm renda mensal per capita igual ou inferior a ¼ de salário mínimo, sendo considerados indigentes.

A taxa de cobertura do Programa Saúde da Família é de 100% e o índice de mortalidade infantil no primeiro ano de vida, segundo dados de 2013, é de 14,9 a cada 1000 crianças nascidas vivas (em Minas Gerais, a média é de 12,2).


Navegue

Ir para
Ir para